Vive e trabalha em Lisboa e Luanda. Artista e investigadora, o seu trabalho é baseado em temas de arqueologia urbana e geografias pessoais. Licenciada em Artes Visuais pela Camberwell College of Arts, (Londres, 1998), Mestre em Arte e Educação pelo Institute of Education (Londres, 2000) e Doutora em Artes Visuais pela Middlesex University (Londres, 2014). É também uma das fundadoras do projeto de residências artísticas Triangle Network em Portugal e fundou, em 2014, o projecto Hangar – Centro de Investigação Artística, em Lisboa.

Mónica de Miranda tem participado em várias residências em instituições como a Tate Britain, Instituto Francês, British Council / Iniva.

O seu trabalho está presente em coleções públicas como a Fundação Calouste Gulbenkian, o Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado e o Arquivo Municipal de Lisboa.